terça-feira, outubro 25, 2016

Babel














Babel
Desisti de ser entendida...
desisti de me entender...
o silêncio é a melhor saída...
o modo mais tranquilo de viver,
encaram-me olhos e bocas.
ouvidos de menos...
alaridos por todos os lados,
acima e ao redor.
assuntos alheios...
e que são "meus".
assuntos amenos...
e que são "meus".
assuntos violentos...
e que são "meus".
e tudo o já sei de cor.
todos os esquadros...
onde não caibo,
não estão errados.
de mim nada sabem... nem querem saber...
de mim nada sei.... e desconfio se quero...
me dar a conhecer.
Sonia Anja

Nenhum comentário: