terça-feira, novembro 15, 2016

Amor de estória














Amor de estória

Um destes sentimentos,
que arranca árvores do chão...
como um tornado.. vendaval
Algo feito profecia...
meio tragédia, drama fatal

Vigília de mil noites em vão
bilhetes borrados de pranto
copos quebrados na parede
beijos e abraços no chão.

do sonho inatingível
Queria ter sido a ausência.
Aquela falta impossível...
A dor da anti presença.

Queria ter feito falta.
o espinho cravado na memória.
Queria ter sido um destes
amores de história.


*Sonia Anja.

Nenhum comentário: